sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Sustentabilidade ambiental

Hoje vamos aprender o que quer dizer o conceito de Sustentabilidade ambiental.

Nunca antes se ouviu falar tanto nessa palavra quanto nos dias atuais: Sustentabilidade. Mas, afinal de contas, o que é sustentabilidade?

“Na prática” sustentabilidade representa promover a exploração de áreas ou o uso de recursos planetários (naturais ou não), de forma a prejudicar o menos possível o equilíbrio entre o meio ambiente e as comunidades humanas e toda a biosfera que dele dependem para existir.
Pode parecer um conceito difícil de ser pôr em prática e, em muitos casos, com gastos muito elevados. No entanto, não é bem assim. Mesmo nas atividades humanas que provocam grandes prejuízos no meio ambiente como a exploração mineira; a extração vegetal, a agricultura em larga escala; o fabrico de papel e celulose e todas as outras; a aplicação de práticas sustentáveis nesses negócios; revelou-se viável a nível monetário e em muitos deles trouxe mais dinheiro.

Assim, os projetos empresariais que tenham por base a sustentabilidade, começaram a multiplicar-se e a espalhar-se por vários lugares antes degradados do planeta. Muitas comunidades que antes viviam sofrendo com doenças de todo tipo; provocadas por indústrias poluidoras instaladas na sua vizinhança viram a sua qualidade de vida ser recuperada, aos poucos e melhorada ao longo do desenvolvimento desses projetos sustentáveis.

A exploração e a extração de recursos com mais eficiência e com a garantia da possibilidade de recuperação das áreas degradadas é a chave para que a sustentabilidade seja uma prática bem sucedida e aplicada com muito mais frequência aos grandes empreendimentos.

De uma forma simples, podemos afirmar que garantir a sustentabilidade de um projeto ou de uma região determinada; é dar garantias de que mesmo explorada essa área continuará a dar recursos e bem estar natural, econômico e social para as comunidades que nela vivem por muitas e muitas gerações. Mantendo a força vital e a capacidade de regenerar-se mesmo diante da ação contínua e da presença da mão humana.

A Sustentabilidade Ambiental é a capacidade de manter o ambiente natural viável à manutenção das condições de vida para as pessoas e para as outras espécies.

Isso garante, ainda, a qualidade de vida para o homem, tendo em conta a habitabilidade, a beleza do ambiente e a sua função como fonte de energias renováveis.

A adoção das medidas que dêem sustentação ambiental garante, em médio e longo prazo, um planeta em boas condições para o desenvolvimento das diversas formas de vida, inclusive a humana, garantindo a manutenção dos recursos naturais (florestas, matas, rios, lagos, oceanos) necessários para a qualidade de vida das próximas gerações.

Exemplos de ações sustentáveis e ambientais:

- procura de substitutos ecologicamente aceitável, como as energias renováveis, ao petróleo, que além de altamente poluente, tende a esgotar-se ainda mais rápido por conta do aumento do consumo ao longo dos séculos XX e XXI;




- Exploração dos recursos minerais (petróleo, carvão, minérios) de forma controlada, racionalizada e com planeamento;

- utilização da agricultura orgânica/biológica, termo usado para designar a produção de alimentos e outros produtos vegetais que não faz uso de produtos químicos sintéticos ou organismos geneticamente modificados, que agridem a natureza e são prejudiciais à saúde. A agricultura orgânica ganha caráter sustentável, pois persegue três objetivos principais: a conservação do meio ambiente, a formação de unidades agrícolas lucrativas e a criação de comunidades agrícolas prósperas;





- exploração dos recursos vegetais de florestas e matas, garantindo o replantação das plantas;


- preservação de áreas verdes não exploradas economicamente;

- uso de fontes de energia limpas e renováveis (eólica, geotérmica e hidráulica);

- reciclagem dos resíduos sólidos e exploração do gás libertado em aterros sanitários como fonte de energia;

- consumo controlado da água, visando evitar o desperdício, além da assunção de medidas que visem a não poluição dos recursos hídricos;
 


































- Desenvolvimento da gestão sustentável nas empresas para diminuir o desperdício de matéria-prima e desenvolvimento de produtos com baixo consumo de energia.

Sem comentários:

Enviar um comentário