segunda-feira, 19 de Março de 2012

Reprodução humana

Aqui vai mais uma temática referente ao 6º ano - A reprodução humana

A reprodução, refere-se à função através da qual os seres vivos produzem descendentes, dando continuidade à sua espécie.

No 5º ano aprendeste que existem dois tipos de reprodução:
- assexuada - ocorre sem a intervenção das células reprodutivas (exemplo óvulo e espermatozoide).



- sexuada - envolve a junção das células sexuais masculina e feminina (gâmetas). A este processo de junção chama-se Fecundação.

Clica para saberes mais sobre reprodução sexuada



Vê a apresentação/vídeo seguinte sobre a fecundação

Clica para saberes mais sobre reprodução humana

Caracteres sexuais


Em primeiro lugar vais aprender o que acontece ao nosso corpo quando desenvolve a sua sexualidade.


No caso dos bebés sabes se é uma rapariga ou um rapaz através dos órgãos sexuais. Estes são os primeiros caracteres sexuais a identificar no indivíduo. Denominam-se por caracteres sexuais primários.
Entre os 10 e os 16 anos já identificas outro tipo de caracteres sexuais. É nesta fase que se vão acentuando as diferenças indicadoras do início do funcionamento do sistema reprodutor.  Estas características chamam-se caracteres sexuais secundários. A esta época do desenvolvimento denomina-se Puberdade.


Clica para saberes mais sobre Puberdade


No caso das raparigas:
- a silhueta torna-se mais alongada e arredondada;
- aparece nas axilas e na região púbica pilosidade;
- aparece a primeira menstruação (menarca);
- aparecimento de acne;
- os seios desenvolvem-se;
- as ancas arredondam;
- a bacia alarga-se.


No caso dos rapazes:
- os ombros alargam;
- a musculatura desenvolve-se;
- os órgãos sexuais aumentam;
- dão-se as primeiras emissões de esperma;
- o crescimento acelera;
- aparecimento de acne;
- surge pilosidade por quase todo o corpo, principalmente nas axilas, na cara e na zona púbica;
- a voz torna-se mais grossa.



Sistema reprodutor masculino

O sistema reprodutor masculino é composto por testículos; epidímo; ductos deferentes; vesícula seminal; próstata e pénis. Todos estes órgãos designam-se por caracteres sexuais primários. Este sistema localiza-se na zona inferior do abdómen. 

Testículos: é o local onde ocorre a produção das células sexuais masculinas, os espermatozoides e também a produção de testosterona (hormona masculina).

Os espermatozoides são células microscópicas que se movem através da cauda/flagelo.

        

Epidídimo: É neste canal que ocorre a maturação dos espermatozoides. Armazena-os também e conduzem-nos ao canal deferente através de contrações musculares.

Canais deferentes: Tem como função armazenar os espermatozóides e transportá-los para a uretra. Tem também a função de reabsorver os espermatozoides que não foram expelidos.

Vesícula Seminal: São glândulas que produzem o fluído que tem como função controlar a acidez na uretra (devido à urina) e da vagina, para que os espermatozoides não morram.

Próstata: É uma glândula do tamanho de uma bola de golfe que produz um líquido leitoso que fará parte do sémen em cerca de 25%.

Pénis: É através deste órgão, mais propriamente na uretra que o sémen é lançado no exterior. É um canal para ejaculação, é através deste órgão que a urina também expelida.

Uretra: Canal condutor que, no aspeto da reprodução, possui a função de conduzir e expelir o esperma durante o processo de ejaculação.


Vê a seguinte apresentação sobre o que acabaste de estudar...
Faz os seguinte exercícios sobre este tema:
1º exercício
2º exercício
3º exercício


Sistema reprodutor feminino

O sistema reprodutor feminino é composto por um conjunto de órgãos designados caracteres sexuais femininos. Tal como no homem este sistema localiza-se na parte inferior do abdómen. De seguida pode ver-se uma descrição de cada um dos órgãos deste sistema reprodutor.

       

Órgãos genitais internos:

Ovários- Glândulas sexuais femininas que produzem os óvulos e as hormonas sexuais femininas: estrogénios e progesterona. Localizam-se na cavidade abdominal e estão parcialmente cobertos pelas trompas.

Trompas de falópio- Dois canais compridos e estreitos que captam os óvulos quando saem do ovário e os conduzem ao útero. É o local onde poderá ocorrer a fecundação.

Útero - Órgão muscular que constitui uma cavidade revestida por uma mucosa, o endométrio. Comunica por um lado com a trompa de falópio e por outro com a vagina. Se ocorrer a fecundação nas trompas de falópio, o ovo aninha-se na parede do útero e desenvolve-se uma gravidez.
Se não se ocorrer a fecundação: diminui a produção de hormonas ováricas e como consequência sai para o exterior parte da mucosa do útero juntamente com o óvulo e um pouco de sangue. Esta saída chama-se menstruação ou período. No caso da primeira menstruação chama-se menarca.

Vagina: Canal flexível de tamanho variável que vai do colo do útero até ao exterior. É o local onde o pénis deposita os espermatozoides e tem uma grande capacidade de dilatação, pois permite a passagem da criança no momento do parto. Próximo do orifício externo possui uma membrana fina chamada hímen. Essa abertura, de tamanho variável, permite a saída da menstruação e também, normalmente, a introdução de tampões sem qualquer problema.


Órgãos genitais externos:

A vulva-É o conjunto dos vários órgãos externos. Na vulva podemos distinguir:
  • O clítorisPequeno órgão erétil e saliente no ponto onde se unem, na parte de cima, os pequenos lábios. O clítoris é um dos órgãos recetores e transmissores da estimulação sexual na mulher. É muito sensível.
  • Grandes e pequenos lábios: São pregas cutâneas, os mais externos são os grandes lábios e os mais internos os pequenos lábios.
  • O orifício vaginal- corresponde à entrada da vagina, saída do fluxo menstrual e do feto
De seguida, podes observar uma tabela com informações sobre estes órgãos:


Faz o exercício seguinte sobre este sistema reprodutor:


Vê os seguintes vídeos sobre a temática em estudo...



Os sistemas reprodutores masculino e feminino



A concepção



O Nascimento 1



O nascimento 2



O nascimento 3



A fecundação, a gestação e o nascimento...



Gestação mês a mês...









Para saberes mais sobre clica:

Fecundação humana e nas plantas

Sem comentários:

Enviar um comentário